Ubatuba

470 estudantes da EMTancredo participam do Provão Paulista – Prefeitura Municipal de Ubatuba


Visando o ingresso às universidades estaduais públicas, 470 alunos do primeiro ao terceiro ano do Ensino Médio da Escola Municipal Tancredo de Almeida Neves participaram do Provão Paulista.

A iniciativa contribui com o acesso desses estudantes ao ensino superior que, para o ano de 2024, disponibiliza 15.369 vagas. As provas aconteceram na última semana, em dois dias de prova, com um modelo reestruturado.

“É uma iniciativa muito reconfortante pois, enquanto na prova do ENEM o tempo é muito curto para número de questões, no Provão Paulista há tempo suficiente para fazer com calma cada uma das questões, incluindo as mais difíceis e complicadas”, comentou o estudante da turma do 3º ano do ensino médio, Antonio Santana Junior.

Participação

Compareceram 91% dos estudantes da EM Tancredo aos dois dias de prova. De acordo com a coordenadora do período noturno da unidade, professora Joyce Souza, o índice de participação refletiu o comprometimento dos estudantes, que enxergam a nova proposta do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp) como ótima oportunidade, além do Enem, para obter uma formação acadêmica.

“Os alunos demonstraram boa aceitação, como revela o índice de presença e apostam nesta alternativa para cursar o ensino superior. Nosso objetivo é atingir 100%”, pontuou Joyce.

A aluna do 3º ano de Informática, Sarah Benedicto, reforçou a importância do Provão. “As questões foram bem mais simples que a do Enem, sendo que ambas oferecem a possibilidade da formação acadêmica”.

Mesmo classificando a prova como difícil, a aluna do 3º ano de Contabilidade, Maria Luiza Silva, acredita que o novo modelo possa aumentar as chances de ingressar em uma universidade.

A coordenadora ainda comemorou a colaboração de todos da unidade para o sucesso da realização das provas. “Só tenho a agradecer o compromisso dos estudantes e o apoio e incentivo dos professores, funcionários e equipe gestora na realização das provas”, agradeceu.

Sobre o modelo

O Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp), instituída em 1996, funcionava como indicador do ensino na rede pública com o objetivo de aprimorar a qualidade da educação no estado. O novo modelo carrega a mesma essência, porém, com mais uma função: o ingresso às universidades públicas estaduais.

Os resultados das provas são cumulativos: quem está na 1ª série do Ensino Médio fará provas em 2024 e 2025 e todos os resultados serão contabilizados para que esse estudante seja aprovado, ou não, em uma das universidades do Estado. Para quem está no terceiro ano, valerá somente a nota obtida em 2023.

“Como aluno, vejo isso como ascensão da igualdade do acesso às universidades públicas, comumente ocupadas por estudantes com oportunidades de cursar ensino privado e cursos pré-vestibular”, finalizou Antonio Junior.



Informações Prefeitura Municipal de Ubatuba

Deixe uma resposta