SP Notícias

Estado de SP entrega 2,7 mil obras em 2023

Governo de São Paulo investiu em 2023 na execução de mais 2,7 mil obras e melhorias em variadas áreas, como saúde, turismo, educação e infraestrutura. Os números não incluem investimentos na construção e reformas de moradias por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).

Somente em recuperação e melhoria de rodovias, vicinais e estradas rurais, foram mais de 850 obras que melhoraram a estrutura e mobilidade de 6,4 mil km de vias – distância equivalente entre as cidades de São Paulo e de Quito, no Equador.

A Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística, responsável por ações estruturantes, realizou cerca de 450 intervenções. A pasta abarca órgãos importantes, como o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e o Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee).

No final de setembro, por exemplo, o governador Tarcísio de Freitas autorizou a execução de obras e projetos coordenados pelo Daee para combate a enchentes, segurança hídrica e saneamento em oito cidades do interior. O investimento estadual é de R$ 50,2 milhões e vai beneficiar uma população somada de 281 mil pessoas.

“Nós estamos firmando uma série de convênios para que os prefeitos possam levar desenvolvimento aos seus municípios. E estamos muito felizes por estar fazendo uma liberação tão importante de recursos para o saneamento básico e obras de drenagem”, afirmou Tarcísio.

Já a Casa Militar, por meio da Defesa Civil, investiu R$ 41 milhões em mais de 40 obras recuperativas e prevenção a desastres causados por eventos climáticos extremos em 14 regiões. Entre as obras entregues, os destaques são serviços de resposta a emergências, como a construção de galerias pluviais e um muro de contenção em Araraquara, um muro de contenção em Franco da Rocha e a reconstrução de uma estrada municipal com barreiras contra deslizamentos em Ubatuba.

Na área da educação, o governo paulista realizou, ao longo do ano, reformas em 848 escolas estaduais e unidades do Centro Paula Souza, entre Fatec e Etecs. Ao todo, o investimento nas melhorias foi de R$ 776,3 milhões, em benefício direto de 518 mil alunos. O número de obras concluídas e melhorias de escolas por meio da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) é o maior dos últimos quatro anos. Em comparação a 2022, o aumento no valor investido neste ano foi de 50%, e no de entregas, 39%.

Outra importante iniciativa do Estado em 2023 foi a construção de dois novos hospitais regionais. Um deles é o novo Hospital Regional do Alto Tietê, referência no atendimento SUS de média e alta complexidade a moradores de 11 municípios da região.

“Realizar essa entrega nos deixa muito satisfeitos, porque era uma obra esperada há muito tempo. E foi algo que falamos na campanha e que tratamos como prioridade, e hoje está sendo concretizado”, afirmou Tarcísio na cerimônia de entrega do hospital, no início de dezembro.

A Secretaria da Saúde também entregou em 2023 o Hospital Regional de Bebedouro, referência em saúde para a região de Barretos. A unidade oferece serviços em 15 especialidades e beneficia uma população de aproximadamente 425 mil habitantes de 18 cidades do norte paulista.

Além disso, a pasta inaugurou o primeiro Ambulatório Médico de Especialidades (AME) do estado voltado exclusivamente ao atendimento de mulheres. Com capacidade mensal para mais de 1,1 mil consultas e cem cirurgias de pequeno e médio porte, a construção do AME Mulher da capital contou com aporte estadual de R$ 6,5 milhões.

No turismo, o investimento de R$ 271,6 milhões em mais de cem obras de infraestrutura possibilitou que São Paulo atingisse o maior número de entregas na área nos últimos quatro anos. As intervenções beneficiaram 129 Municípios de Interesse Turístico (MITs) e 70 Estâncias Turísticas.

Para modernizar a infraestrutura do transporte metropolitano, o Governo de São Paulo investiu aproximadamente R$ 385 milhões em melhorias nas estações de trens e metrô, como obras de acessibilidade da Estação São Caetano, da CPTM, e a adequação da Estação Barra Funda, do Metrô, para receber os trens das Linha 11-Coral e 13-Jade. Além disso, outras 40 obras estão em andamento no transporte sobre trilhos.



Source link

Deixe uma resposta