SP Notícias

Governo de SP lança Operação Verão para reforçar segurança nos 16 municípios do litoral





Mais de 3,1 mil PMs participam da ação, além de policiais civis e técnicos-científicos para ampliação do policiamento nas férias



O Governo de São Paulo lançou nesta segunda-feira (18) a Operação Verão 2023/2024, que abrange 16 municípios do litoral sul e norte. Ao todo, 3.108 mil policiais militares reforçarão as atividades de policiamento e proteção à população.

Também foram abertas outras 12.087 mil vagas de diárias especiais por jornada extraordinária de trabalho para as polícias Civil e Militar (Dejec e Dejem). Objetivo é levar mais segurança a visitantes e moradores das cidades litorâneas durante o período da alta temporada.

A ação será realizada em duas etapas, sendo a primeira entre 18 de dezembro de 2023 e 5 de fevereiro de 2024. A 2º fase ocorrerá entre os dias 6 de fevereiro de 2024 e 23 de fevereiro de 2024.

No efetivo empregado pela PM estarão 814 soldados de 2ª classe que fazem parte da turma de 909 que formou nesta quinta-feira (14). Destes, 651 ficarão no litoral sul e 163 no litoral norte. As equipes contarão com 377 viaturas de reforço, além de três aeronaves, embarcações e drones.

Corpo de Bombeiros
O Corpo de Bombeiros participa da operação, que visa intensificar a prevenção de afogamentos a partir de atividades de busca e salvamento, resgate de embarcações em situações de risco, entre outras. São cobertas nas atividades as represas Billings (São Bernardo do Campo) e Guarapiranga (Capital).

O efetivo conta com 821 bombeiros; 137 viaturas entre URSA, UR, Auto-Tanque (AT), Auto-Bomba Salvamento (ABS) e outras; 794 guarda-vidas por tempo determinado (GVTD) e temporário.

Polícia Civil e Técnico-Científica
As delegacias contarão com o efetivo total, já que serão suspensas férias e licenças dos policiais civis durante a Operação Verão. No litoral norte o efetivo será de 308 policiais civis já contando o reforço de 135 que virão das demais Delegacias Seccionais do Deinter-1. No caso do litoral sul são 1.206 policiais empenhados.

Os plantões do Instituto de Criminalística (IC) e do Instituto Médico Legal (IML) organizarão suas escalas com o efetivo que já atua na região. Em relação às férias, se houver necessidade serão suspensas.

Os policiais atuarão junto ao efetivo nas delegacias, no trabalho de investigação e no atendimento à população. Eles serão contratados por meio da Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial (Dejec).

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap



Source link

Deixe uma resposta