SP Notícias

Mais de 200 famílias de Divinolândia e Espírito Santo do Pinhal recebem casa própria






Governador Tarcísio de Freitas vai às duas cidades e entrega residências a moradores beneficiados pelo programa Casa Paulista, da CDHU



Mais de 200 famílias de Divinolândia e Espírito Santo do Pinhal recebem casa própria

O Governo de São Paulo reforçou nesta quarta-feira (20), na região de Campinas, o compromisso de atender a população com moradia digna. Em visita aos municípios de Divinolândia e Espírito Santos do Pinhal, na região de Campinas, o governador entregou 229 habitações para famílias beneficiadas pelo programa Casa Paulista, da Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano (CDHU).

“Hoje estamos chegando no final, com construções prontas, e a gente sempre fica feliz. Eu tenho certeza que as pessoas que estão entrando hoje nas moradias serão muito felizes”, afirmou Tarcísio. “A CDHU, junto com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação, está realizando sonhos. A gente vai chegar nesta semana a 19 mil habitações entregues em todo o estado, nós estamos com o maior programa habitacional da história de São Paulo para fazer a diferença.”

As cerimônias também reuniram o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Branco, diretores da CDHU, prefeitos, deputados e vereadores, além das famílias beneficiadas.

O secretário Marcelo Branco destacou que as quase 19 mil unidades entregues em 2023, recorde nos últimos 14 anos, representam apenas o início do maior programa habitacional já desenvolvido em São Paulo. “São quase 25 mil moradias em produção ou em planejamento aqui na região, de um plano que já tem mais de 100 mil residências em obras. O governador orienta que a gente acelere essa construção e faça outras 100 mil além das habitações que já estão em obras.”

Em Divinolândia, 80 casas do Residencial Acácia foram entregues em um investimento de R$ 15,7 milhões. Em Espírito Santo do Pinhal, houve a entrega de 149 moradias do Conjunto Habitacional Paulo Klinger, que recebeu aporte de R$ 55,4 milhões e vai atender 265 famílias quando estiver totalmente concluído.

As moradias foram construídas em terrenos doados pelas prefeituras à CDHU, que contratou as construtoras e a infraestrutura de redes de água, esgoto, energia elétrica, iluminação pública e urbanismo.

Os imóveis possuem dois dormitórios, sala de estar, cozinha, banheiro, lavanderia e área útil de 43,84 m2 a 47,87 m2. Todas possuem piso, azulejos no banheiro, cozinha e área de serviço, laje, cobertura em estrutura metálica e sistema de energia solar.

As famílias beneficiadas foram selecionadas por sorteio e podem financiar os imóveis em até 30 anos, com juros zero para aquelas com renda mensal de até cinco salários mínimos. O valor das prestações pode comprometer, no máximo, 20% da renda familiar.

Em Aguaí, em agenda sem a presença de Tarcísio, o Governo do Estado investiu R$ 17,6 milhões para entregar as chaves de 128 moradias a famílias no Conjunto Habitacional Tarcízio Alonso.



Source link

Deixe uma resposta