Santos

Saboó, em Santos, chega a dez vias com revitalizações concluídas


Com o término da renovação asfáltica, foram concluídas no final de semana as obras na Francisco Pedro dos Reis, a décima rua do Saboó beneficiada pela Fase 2 do projeto da Prefeitura de Santos, que atende a um total de 12 vias do bairro e à Praça Ruy de Lugo Viña. As intervenções se concentram agora na Rua Vivaldo de Almeida Nery.

A Francisco Pedro dos Reis conta com 852m² de novos passeios no padrão Calçada para Todos, 390,5m de sarjetas e quatro rampas de acessibilidade, além de 1.098,5m² de renovação asfáltica. Também foram vistoriadas as condições gerais de oito poços de visita e 11 bocas de lobo, seguindo-se limpeza de toda a rede.

A Vivaldo de Almeida Nery já dispõe de 160m² de novas calçadas acessíveis, de um total de 694m² previstos no projeto.

Na sequência, a rua receberá 1.145m² de renovação asfáltica. As obras são supervisionadas pela Seserp (Secretaria de Serviços Públicos).

PROJETO

As obras da Fase 2 do Saboó se estenderão, ainda, às ruas Renata Agondi (1.480,5m² de renovação asfáltica e 779,5m² de novos passeios) e à Praça Ruy de Lugo Viña (3.254m², 869,5m²).

A praça ganhará também cinco rampas de acessibilidade. A construção dessas rampas complementa o projeto de acessibilidade já realizado recentemente no Saboó, beneficiando inclusive algumas vias do projeto atual.

FINALIZADAS

Os serviços de infraestrutura e asfalto já foram finalizados nas ruas Ernesto Xavier Krone, Ubatuba, Iguape (depois da Oswaldo de Carvalho de Rosis), Ernesto Fulgoso, Cananeia (da São Vicente à Ernesto Fulgoso), Guarujá, Oswaldo de Carvalho de Rosis (após a Rua Iguape), Caraguatatuba e Babalorixá Vivaldo Pires de Carvalho.

“A pintura da sinalização viária também já foi concluída, serviço a ser feito agora na Francisco Pedro dos Reis”, explicou o técnico em edificações Guilherme Wingerter, da Seserp (Secretaria de Serviços Públicos), da equipe responsável pela supervisão dos trabalhos.

PROJETO

O projeto implementado pela Prefeitura envolve, nessa Fase 2 de obras do Saboó, nova pavimentação em 22.254,5m², renovação de 4.669,5m² de guias e sarjetas, construção de 10.544,5m² de passeios acessíveis em concreto, revitalização da sinalização viária e plantio de árvores regionais.

E ainda construção de 25 rampas de acessibilidade e avaliação das condições de 71 bocas de lobo e 62 poços de visita. Em relação à drenagem, os serviços se concentrarão em reparos nos ramais, com troca de peças danificadas, reforma e troca de bocas de lobo onde houver necessidade e limpeza no sistema.

INVESTIMENTO

Os trabalhos no Saboó, a cargo da empreiteira TMK Engenharia S.A., vencedora da concorrência pública, têm prazo contratual de 19 meses – expira no começo do segundo semestre. O investimento é de R$ 8.848.174,26, sendo R$ 7.253.659.25 provenientes da Secretaria de Governo e Relações Institucionais, do Estado, e o restante do orçamento municipal.

 

Esta iniciativa contempla os itens 9, 10 e 11 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU: Indústria, Inovação e Infraestrutura; Redução das Desigualdades; Cidades e Comunidades Sustentáveis.  Conheça os outros artigos dos ODS.



Informações da Prefeitura de Santos

Deixe uma resposta