Santos

Santos encerra celebrações pelos 115 anos da imigração japonesa no Brasil

[ad_1]

As comemorações pelos 115 anos da Imigração Japonesa no Brasil se encerraram nesta quinta-feira (23), depois de vários eventos em Santos, cidade brasileira que recebeu o primeiro navio com imigrantes, o Kasato Maru, em 18 de junho de 1908. O Novo Quebra-Mar (José Menino) serviu de palco para a solenidade, que contou com a presença do embaixador japonês, Teiji Hayashi, e teve apresentações musical e esportiva.

“Hoje é um dia especial e uma data importante para Santos. É momento de preservar essa memória, pensar no futuro da nossa cidade e agradecer tudo o que recebemos dessa cultura”, afirmou o prefeito Rogério Santos.

O evento contou com a apresentação musical do grupo Minyou Aikousha, da Associação Okinawa Kenjin Kai de Santos, e também da equipe de caratê da Academia Shorin-Ryu Karate-do & Kobudo – Shinshukan.

“É uma grande honra participar deste encerramento das comemorações dos 115 anos nesta cidade que desempenhou papel fundamental na imigração japonesa. Fico muito feliz de estar presente”, disse Hayashi, que foi presenteado pelo prefeito com uma réplica do Bonde de Nagasaki, veículo restaurado que faz parte do acervo de bondes da Cidade. Os ex-jogadores do Santos Futebol Clube, Edu e Lima, também deram ao embaixador uma camisa especial do time feita para os festejos da chegada da colônia japonesa ao Brasil. O diplomata e o chefe do Executivo santista ainda receberam um documento emoldurado de um dos passageiros do Kasato Maru das mãos de seus descendentes.

Ao final do evento, o prefeito mostrou para o embaixador todo o projeto do Novo Quebra-Mar, com destaque para a experiência de realidade aumentada do Kasato Maru. Hayashi destacou que já havia sido presenteado em outra oportunidade com uma maquete do monumento de Tomie Ohtake que fica no local e que sempre que recebe pessoas em seu escritório é através desta obra de arte que ele conta sobre a história da imigração japonesa no País.

OUTROS EVENTOS

As comemorações em Santos começaram em março, com a inauguração da Praça das Gerações, no Novo Quebra-Mar, espaço que já contava com o monumento aos imigrantes japoneses e passou também a abrigar o monumento 18 de junho, a pedra com o nome dos passageiros do Kasato Maru.

Em junho, a Cidade celebrou oficialmente esses 115 anos, com a mostra da Fundação Arquivo e Memória de Santos, que retratou a viagem centenária dos 781 japoneses que chegaram ao Porto de Santos após 50 dias no mar e com o lançamento do aplicativo de realidade aumentada, que reproduz o famoso navio em 3D.

Esta iniciativa contempla o item 4 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU: Educação de Qualidade. Conheça os outros artigos dos ODS.

 

 

 

 

 

 

[ad_2]

Informações da Prefeitura de Santos

Deixe uma resposta