SP Notícias

Viagens de proximidade movimentam destinos paulistas no feriado da Consciência Negra





Levantamento do Governo de SP aponta que maior parte dos turistas escolheu se deslocar para municípios do próprio estado de SP



O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Turismo e Viagens, publica nesta sexta-feira, 17, uma sondagem inédita sobre as expectativas dos viajantes para o primeiro feriado estadual da Consciência Negra. São estimados 1,38 milhões turistas e movimentação de R$ 1,72 bilhões. A análise foi feita pelo Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET), ligado à pasta estadual, em parceria com a plataforma SP para Crianças.

Entre o grupo que manifestou intenção da viajar, a maioria (93%) escolheu destinos do próprio estado de SP. No topo da preferência dos viajantes estão os destinos do litoral (42%), com destaque para Bertioga, Guarujá, São Sebastião, Ubatuba e Praia Grande. Entre as cidades do interior do estado, destaque para Olímpia, Atibaia e Campos do Jordão. A maioria dos entrevistados (87%) afirmou que fará a viagem com a família em grupos de até quatro pessoas e permanecerá no destino por três dias (53%).

Os atrativos turísticos mais citados pelos viajantes estão relacionados à gastronomia, às praias, aos parques de diversões, às atividades de ecoturismo e aos passeios culturais. “São Paulo tem na diversidade um de seus maiores diferenciais, além de 45 milhões de viajantes potenciais, o maior mercado emissor de viajantes do país, o que é excelente, uma vez que a população do estado movimenta o turismo local”, afirma Roberto de Lucena, secretário de Turismo e Viagens de SP.

*Afroturismo*

O turismo étnico ou afroturismo, como é chamado, oferece experiências que valorizam o legado dos negros na formação da nossa sociedade, valorizando a história e a cultura popular. No estado de São Paulo, há inúmeros destinos e atrativos com essa vocação, da capital ao interior.

No centro histórico da cidade de São Paulo, os roteiros culturais destacam a Igreja Nossa Senhora Rosário dos Homens Pretos, no Largo do Paissandu, a Igreja Santa Cruz das Almas dos Enforcados, no bairro da Liberdade, e o Museu Afro, localizado no Parque Ibirapuera, entre tantos outros.

O estado também conta com a chamada Rota da Liberdade, que inclui Ubatuba, reconhecida pela gastronomia e pela Casa da Farinha, patrimônio material do município. Também integra a rota o Quilombo Cafundó, em Salto de Pirapora, um pedacinho de Angola no Estado de São Paulo, com destaque para a produção autoral de moda.

*Economia do turismo*

O desempenho do turismo paulista este ano deve registrar o melhor resultado dos últimos cinco anos: a estimativa é de que a economia do setor cresça 7% em 2023, segundo o CIET. Puxado pelo turismo doméstico, o PIB do turismo paulista vai bater os R$ 276,8 bilhões.

O turismo internacional também cresce: 1,8 milhões de turistas estrangeiros, contra 1,3 milhões de 2022. Os três maiores aeroportos de SP devem registrar 75 milhões de passageiros, na maior movimentação desde o final da pandemia, considerando voos domésticos e internacionais.



Source link

Deixe uma resposta